11 de junho de 2017

corda bamba

meus pés rachados tocam o grosso linho
as mãos, se contorcem estranhas inconscientemente
não há varas, sequer vendas
atrás e logo a frente tem algo parecido: duas torres, quase que gêmeas
elas oscilam, pois desmancham também
a cada passo
ignoro o conselho
e olho pra baixo
- que também é pra dentro




[ato I] .coleção dos meus pedaços.